,

Como tornar real o intraempreendedorismo nas empresas?

O mundo empresarial está mudando. Basta dar uma olhada nas principais empresas que tiveram grande crescimento nos últimos anos: quase todas são empresas jovens que trouxeram alguma ideia nova tanto para o público quanto para a forma como conduzem seus negócios.

E um conceito que vem crescendo e cada vez mais sendo apreciado nas empresas, é a atitude de intraempreendedorismo. Bem, se está dando certo, não custa nada dar uma olhada, não é?

Poderíamos dizer que “esse conceito não é tão complicado quanto parece”, como a maioria dos textos de empreendedorismo começa. Mas a verdade é que o “intra” é o olhar de dentro para fora. É isso mesmo, é um empreendedorismo dentro das organizações. Ok, isso parece difícil de entender, mas não é não, vamos lá.

Basicamente, um intraempreendedor é um colaborador de uma empresa que empreende no seu dia a dia de trabalho. Ele literalmente pensa como “dono”, tem a visão do todo, entende os riscos dos ganhos e das perdas nas duas tomadas de decisão. Podemos dizer que tudo se baseia nos “5 Is”:

  • Implementação;
  • Imaginação;
  • Inovação;
  • Intenção;
  • Informação.

E o que isso muda? Pode acreditar que muita coisa!

Como ele beneficia a todos no negócio

  1. Mais foco e autonomia

Um problema diário que mata dezenas de mentes criativas é estar constantemente preocupado com a figura imaginária do “chefe”. A ideia de que não se pode discordar da chefia para não ficar exposto e acabar sendo demitido ou se tornar uma pessoa que preferem deixar quieta para não gerar “barulhos”.

Mas, na visão do intraempreendedor, o “chefe” ou o colega de outro setor não é nada mais do que um parceiro ou cliente. Ele precisa do seu serviço e você, tecnicamente, é pago para prestá-lo e não precisa ter medo de dar opiniões ou novas ideias. Quando você tem conhecimento e sabe que pode contribuir, não precisa ficar preocupado com as expectativas imaginárias ou incômodos dos colegas ao redor. Contribua sem medo!

  1. Proatividade é a norma

Pessoas pró-ativas em uma equipe fazem toda a diferença. O espírito empreendedor traz consigo grandes oportunidades de inovação e tem o poder de transformar algo “velho” em algo “repaginado” ou totalmente novo de fato.

Pessoas que conseguem manter atitudes como estas, podem trazer uma renovação nos processos das empresas, sugerir soluções que podem reduzir custos ou até mesmo gerar maior produtividade no ambiente de trabalho. Será que criar uma simples ferramenta que diminua o tempo de trabalho ou até mesmo descomplicar o dia a dia dos colegas com recursos modernos não são maneiras de contribuir para melhorar o ambiente de trabalho?

Menos intriga e mais criatividade

Existe uma grande diferença entre competição saudável e rivalidade. E a última costuma ser bastante destrutiva. Seu foco deve ser na “competição” consigo mesmo, com um bom trabalho de autoconhecimento, colaboração, flexibilidade e mente aberta para novos aprendizados. Sugerimos que você possa tirar “fotos” periódicas (trimestralmente ou semestralmente) para verificar ampliação de repertório, obstáculos transpassados, habilidades desenvolvidas e uma real evolução profissional.

Um bom empreendedor trabalha constantemente as inteligências: intrapessoal (autoconhecimento) e interpessoal (empatia). O quanto você se vê neste cenário?

Como promover o intraempreendedorismo na sua empresa?

  1. Crie um ambiente em que as pessoas são motivadas a se desafiar e construir com e para o ecossistema

Como gestor, dono, gerente ou simplesmente “líder” de uma empresa, você pode e deve estimular um ambiente intraempreendedor.

Evite fazer comparações entre performance de pessoas da equipe, isto apenas trará a tona uma competição de transpassar o colega, muitas vezes não importa como e isso é altamente destrutivo para os resultados da empresa no médio prazo e altamente improdutivo aos profissionais envolvidos.

Estimule eles a construírem soluções para o ecossistema (outros departamentos, clientes, parceiros) a irem a campo, validarem suas ideias e aprenderem com eles.

Evidencie que todos da cadeia têm um ponto de vista muitas vezes relevante para a compreensão do real problema e que será fundamental na busca da solução ideal.

  1. Não recuse novas ideias sem dar uma olhada e estimule a ousadia

Se você não concorda com essa afirmação, não vai conseguir tornar o intraempreendedorismo uma realidade na sua empresa. É um erro fatal.

Algumas ideias sempre parecem absurdas à primeira vista. Algumas até são, temos que admitir. Mas, mesmo assim, não deixe de ouvi-la até o final nem de ponderar a respeito.

A flexibilidade e a ousadia são fundamentais nesta época de grandes transformações e você como líder é o primeiro é a ter que praticar e mostrar através de ações na sua rotina para que sua equipe sinta-se encorajada a ousar, criar, errar, aprender logo e tomar as medidas necessárias para resolução de um determinado desafio.

O papel da Empodere-se para te ajudar nessa empreitada

A Empodere-se se dedica todos os dias a aumentar o aproveitamento do capital criativo de toda empresa. Muitos não sabem, mas o choque das diferenças e a conversão dos pontos de vista é justamente o que produz soluções inovadoras e de impacto rapidamente. Por isso é tão importante promover autonomia para que cada colaborador seja capaz de expressar seu ponto de vista sem medo como também de ouvir sem julgamento.

Por isso a Empodere-se promove aceleração da Culura de Inovação através de encontros, imersões e todo suporte a gerentes, CEOs, sócios, clientes e vários outros membros da equipe. A partir dessa combinação é que surge a verdadeira inovação, acredite!

1 responder
  1. Ana Paula Groth
    Ana Paula Groth says:

    Olá! Há inúmeros empresários para empoderar no Rio Grande do Sul. Posso disseminar os conteúdos de vocês aqui? Gostei muito do conceito e há espaço sobrando para trabalhar comportamento.
    Meu email é este anapaulagroth@yahoo.com.br
    Celular WhatsApp 51 99663-8292

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *